" />
07/01/2023 às 23:07 Dicas

Minha experiência com arquétipos

123
3min de leitura

Eu atendo muitos advogados e advogadas e foi com eles que escutei, pela primeira vez, sobre arquétipos. Alguns me diziam que haviam um arquétipo, foi então que passei a buscar mais informações a respeito na internet.

A internet tem o lado bom e ruim, encontramos muitas informações, é fato, mas há muitas informações erradas também. Eu digo erradas porque, para quem já fez a formação, fica muito claro os erros, mas para quem não entende, não percebe.

Na ocasião, eu estava em formação pela PNL (Programação Neurolinguistica) e sou uma pessoa muito visual, observo detalhes. Aliás, a PNL é um fator muito importante no meu dia a dia e, inclusive, nesta busca de informações.

Se cada pessoa é única, como podem ditar regras de uso arquetípico? Foi observando e coletando informações porque eu vi que o uso deste conhecimento me seria útil.

Cá para nós, é tanta bagunça de informação sobre arquétipos, incoerência de muitos que falam a respeito que eu fui ficando mais confusa ainda.

Não houve alternativa a não ser procurar especialização. Fato. Mas…. para mim, eu uso e faço consultoria para os meus clientes que querem usar a estratégia arquetípico na sessão de fotos e nas sua comunicação visual, ponto. Eu entrego um arsenal de informações para os arquétipos principais e até dicas extras, com reunião online individual. 

Arquétipo é muito mais que responder perguntas num teste robótico. Pelo amor de Deus. Eu fico indignada.

Nós temos os 12 arquétipos e eles se manifestam dependendo das situações e pessoas, alguns mais e outros menos, entretanto, há dois ou até três que são mais constantes e saber definir quais são te ajudam a ter consistência na sua comunicação nas redes sociais e evitar o ruído de comunicação ou quebra de energia com cliente.

Os 12 arquétipos são divididos em 4 grandes forças e motivação central em cada um deles. Além disso, cada arquétipo tem subtipos, podendo chegar até 10 ou mais subtipos. 

Se você tem, por essência, 2 a 3 arquétipos, como poderia seguir uma regra dizendo o uso de um só… até porque, essa referência muito, mas muito provavelmente, estará misturada com outro arquétipo que pode ser diferente do seu.

Outra coisa, nada de seguir essas definições por carreira profissional e um arquétipo X, isso é outro erro gritante que vejo por aí.

Eu acabei desenvolvendo o meu método porque uniu vários fatores. Minha formação em marketing e PNL, 10 anos trabalhando com agência e campanhas publicitárias e agora com formação em arquétipos que me auxiliam encontrar na sua essência os seus verdadeiros arquétipos.

Em posse dos seus verdadeiros arquétipos, primeiro, traz uma leveza muito grande em reconhecer em você a sua essência e entender coisas que você nem imaginava, desde a sua infância. Além disso, usar de forma estratégica no seu posicionamento nas redes sociais, imagens, etc.

Ser intencional na sua comunicação visual tem um grande, na verdade enorme ponto que favorece os resultados, você passa a desenvolver os conteúdos de forma mais fácil e consistente, evitando assim o ruído e quebra de contato com potencial cliente.

Esta consultoria que eu faço hoje para os clientes não precisa necessariamente fazer sessão de fotos comigo, mas se o fizer, será ainda mais surreal os seus resultados.

Quer saber mais? Entre em contato e agende uma reunião. 

Vou deixar um áudio complementar sobre o assunto, no meu Podcast, disponível em várias plataformas, aproveita para seguir e compartilhar. Link do Podcast aqui


07 Jan 2023

Minha experiência com arquétipos

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

Arquetípica Arquétipo consultoria estrategia imagem imagem-profissional Mentoria

Quem viu também curtiu

12 de Mai de 2022

Posicionamento de Imagem

12 de Nov de 2021

Como consultoria de estilo ajuda sessão de fotos

13 de Nov de 2021

Dicas fundamentais para ter uma foto de perfil exemplar

Logo do Whatsapp